terça-feira, 31 de maio de 2011

Por que vocês não doam para quem mora em casa?

A resposta poderia ser um simples "porque não", já que quem está doando tem o direito de exigir o que quiser e o assunto morreria aqui. Ou deveria. Mas como sempre tem um insatisfeito que se revolta com a exigência e se sente no direito de dar chilique via email, para encerrar a discussão de uma vez por todas, a minha resposta sincera: eu não acredito em "casas seguras" para gatos.

Sim, o post Como Telar o Muro da sua Casa dá dicas de como tornar sua casa "segura", mas será que é o suficiente? Você pode até ter boa vontade, contratar uma empresa séria para instalar as telas em vez de tentar economizar fazendo uma gambiarra nos muros e portões, escolher o material pela qualidade e não pelo preço, mas basta parar o carro perto do muro para seu gato usá-lo como "escada". O mesmo vale para aquela árvore no "lugar errado" ou a churrasqueira. E como impedir que o gato saia quando o portão da garagem estiver aberto para o carro entrar? Você pode ter todo o cuidado do mundo, mas será que seu marido, filho, parente, visita e empregada também terão? Basta um descuido e...gato na rua (e gato na rua = gato atropelado/envenenado/destroçado por cães/maltratado por gente ruim, etc).

Trechos de alguns tópicos retirados de redes sociais:
(só "copiei e colei", sem corrigir o português alheio)

"Com esse calor tenho deixado meus gatos ficarem na garagem que é toda telada. E na hora de sair com o carro tenho o cuidado de olhar sobre as rodas e em baixo do carro. Mas jamais imaginei que uma gata adulta pudesse estar dormindo dentro do motor !!. Sai com o carro e quando olhei pelo retrovisor vi a Sofia correndo do outro lado da calçada"

"Eu achei que era mentira, porque minha casa é toda telada, eu pratico a posse responsavel, ela tinha a castraçao marcada para sexta. Procurei em todos os lugares possiveis onde pode ter estado a minha gatinha, mais nao achei nada e faz meia hora, descobri um furo grande na tela perto da porta..."

"Trata-se de uma gata criada em casa totalmente telada, sem acesso às ruas, desaparecida desde ontem (27/05/08)..."

"Desesperadaaaaa
Como todos sabem aqui na comu, tenho 2 gatos o Robbie e a Sofia e os adotei com POSSE RESPONSÁVEL.São vacinados, castrados, vermifugados periodicamente, moro em casa com telas em muros e portão (...) ele de alguma forma conseguiu pular o portão e desapareceu..."

"Nunca imaginei que fosse abrir um tópico sobre isso, sempre tomei todas as precalções, mas aconteceu: meu gato conseguiu fugir de casa!
Antes que me perguntem: minha casa é telada e ele é castrado. Mas conseguiu rasgar uma tela e fugiu por ela..."

"sumiu
desabafando...
2 peludas sumiram hoje, casa totalmente telada, eu em casa nao vi nada..."

"Ela não tinha acesso à rua, fugiu de casa telada. Por favor, espalhem a foto para que possamos encontrá-la!"

E quando eles não fogem, o vizinho joga veneno pelo muro:

"Mataram 3 gatos meus!
Uma familia de sociopatas envenenaram 3 dos meus gatos. O que é absurdo é que algum desses loucos jogou a isca de veneno para dentro do meu quintal, uma vez que, ele é cercado..."

Pelos motivos citados acima eu decidi não doar para quem mora em casa. A decisão é definitiva e não está aberta a debate. Cada um sabe o que é melhor para os seus "protegidos" e esses são riscos que eu não quero nem aceito correr. Lembre-se: quem resgata decide como e para quem doar. Ponto final. :)
_______________
Foto "furtada" daqui.

12 comentários:

Vanessa disse...

completamente, 100% apoiada!
por mais amor e cuidado q a pessoa tenha, são muitos os outros fatores envolvidos..
eu sou bastante neurótica/preocupada, e evito até mesmo deixar meus 5 bebês nas varandas do meu apartamento qdo não estou em casa.. tenho medo dos vizinhos, de eles roerem as telas, sei lá rs mas melhor assim (:

Aline Aimée disse...

Olha, eu moro em casa e tenho 3 gatos. Mas faço como se vivesse em apartamento. Todos trancados do lado de dentro. Minha casa é maior que um apartamento médio e tem bastante espaço para eles pularem, correrem...
Todas as janelas são teladas, assim como o terraço. As janelas são grandes e tem parapeito, dá pra eles tomarem um solzinho.
Uma das minhas gatas é bem espoleta, pula onde nem se imagina e vive tentando sair. Meu marido e eu ficamos em cima, porque ela é louca pra sair no quintal.
Tenho dó, mas não suportaria ver minha bichinha machucada.
Acho que depende da casa, na verdade. Não sei se todas oferecem risco.
Mas entendo o seu cuidado.

Beijinho.

Me Adota? disse...

Oi, Aline!
Então...eu sei que dá para tornar uma casa segura. Na verdade já doei gatinhos (3) para uma pessoa que mora em casa de vila, mas ela fez como vc (telou as janelas como se fosse apartamento) e ainda telou os muros e o portão da vila rs! E era uma pessoa que eu conhecia, sabia como cuidava dosgatinhos. Doar para estranhos é muito complicado. Por melhor que seja o questionário, se a pessoa for esperta, pode "melhorar a verdade" (o que já aconteceu), eu não tenho bola de cristal, afinal. Então, prefiro pecar por excesso de zelo, entende? Mas a verdade é que casas são mesmo menos seguras (ou mais difíceis de tornar seguras). ;)

Aline Aimée disse...

Ah, linkei vocês lá na barra lateral, onde tem uma lista de protetores!
;)

Me Adota? disse...

Obrigada! :)

Anônimo disse...

Não apoio 100%, depende tb dos donos, moro em casa e minhas gatas são castradas e não vão pra rua de jeito nenhum, pq eu as ensinei a não ir. Tb não comem nada se jogarem por cima do meu muro, o máx q elas fazem é ficar em cima do muro observando a rua e se chegar alguém perto do portão elas saem correndo pra dentro de casa.

Me Adota? disse...

"pq eu as ensinei a não ir"

Seu depoimento só reforça minha opinião sobre o assunto rs.

PROJETO VIDA ANIMAL, ADOTE UM! disse...

Concordo,casa nunca é totalmente seguro!!
Esse papo de meu gato nunca saiu é furado.
Quem mora em casa nunca aceita telar,porque não quer gastar e acha que somos exagerados.

Lilian Valviesse disse...

Eu moro em casa e tenho um gato. De 17 / indo para 18 aninhos. Saudável e caseiro. Mas só consegui isto porque minha casa sempre foi vista como um apartamento no sentido de cuidados e, o mais importante, minha família, com quem moro, também é totalmente responsável. Atualmente minhas preocupações com ele são outras, por causa da idade, mas medo dele fugir / ser atropelado / envenenado / torturado / etc. eu não preciso ter. Por isso, me dei ao trabalho de escrever aqui para, ao contrário do que possa parecer, APOIAR sua decisão de não doar pra que tem casa. A pessoa da casa pode até ser responsável. Mas se a familia não for, já era. O risco nunca vale à pena. Quem vai pagar pelo erro é o animal, provavelmente com a vida dele. Eu, como adoradora, idolatradora, fã e sei-lá-mais-o-quê, rs, agradeço em nome dos meus amados felinos. E sempre reforço a minha volta. Se a pessoa não quer gastar dinheiro, não tem tempo, acha que vai ter problema de alergia, pode fazer mal às crianças (o que é um grande ABSURDO!) etc, etc. POR FAVOR, NÃO TENHA nenhuma espécie de animal, seja estes animais gatos, cães, aves, roedores etc. Quem for realmente responsável e entender que isto aqui não é nenhuma indireta a ninguém em especial, por favor, adote! As ruas e os abrigos estão cheios e certamente terá algum bichinho por aí pronto pra se tornar companheiro de alguém. :-)

Me Adota? disse...

"A pessoa da casa pode até ser responsável. Mas se a familia não for, já era. O risco nunca vale à pena"

Esse é exatamente o problema. Como disse acima, já doei para quem mora em casa, mas eu conhecia a pessoa, para estranhos eu não arrisco.

Obrigada pelo depoimento. :)

dete disse...

isso significa que pessoas que moram em casa não podem ter gatos?

Me Adota? disse...

Claro que podem (tá cheio de gato abandonado nas ruas, aliás), mas não os que estiverem sob minha responsabilidade. ;)